Bibliotec@ em linh@

Em tempo de Pandemia a Biblioteca Escolar vai adequar as suas atividades, serviços e funções aos novos contextos, pretendendo responder às necessidades específicas de cada membro da nossa comunidade educativa.
Pode enviar as suas dúvidas pelo formulário de contacto.

Em que podemos ajudar?
  • Apoio à pesquisa (sugestão de recursos fiáveis para as diversas disciplinas);
  •  Pré-correção de trabalhos de pesquisa;
  • Ajuda na criação de índices, citações, bibliografias...
  • Apoio na utilização de ferramentas digitais;
  • Envio de livros, audio livros e vídeos.

Dia Escolar da Paz e Não-Violência Escolar


O  Dia Escolar da Não-violência e da Paz comemora-se anualmente a 30 de janeiro. A data foi instituída em 1964 em Espanha pelo poeta, pedagogo e pacifista espanhol Llorenç Vidal, e adotada a nível internacional. Foi escolhido o dia 30 de janeiro por assinalar o falecimento do grande pacifista indiano Mahatma Gandhi.

Para assinalar este dia o a Biblioteca Escolar em colaboração com vários docentes e outros parceiros desenvolveu  um conjunto de atividades de modo a não deixar ninguém indiferente:
  • Leitura de poemas alusivos à Paz  em todas as turmas, pelos alunos do 11º e 12º anos.





















  • Criação da árvore da Paz no polivalente com a colocação de pombas com mensagens  feitas pelos alunos nas aulas de EMRC onde foi devidamente explorada a temática.


  • Encontro de todos os alunos da EBS no pavilhão B onde foi vivamente aclamada a Paz e Não-Violência aquando do levantamento de um drone com uma faixa. Esta atividade foi apadrinhada pela GNR – Escola Segura.





  • Palestra com o Dr. Carlos Alberto Videira (UM) dirigida aos alunos do Ensino Secundário onde se passou a mensagem da importância que cada um tem na construção de um mundo mais justo. A Sra. Vereadora da Educação salientou os nosso jovens que podem começar por pequenas coisas dentro do município, como o voluntariado. O importante é não ficar indiferente.



Equipa dinamizadora do Dia Escolar da Não Violência e Paz
(ainda Aida Antunes professora de Português do Ensino Secundário e os professores de Cidadania e Desenvolvimento)